O IVA na Era Digital: Obrigatoriedade do e-reporting e do e-invoicing para as transações intracomunitárias da UE

Anna Nordén
dezembro 8, 2022

O europeu Commission has anunciou sua proposta há muito esperada para mudanças legislativas em relação ao IVA na iniciativa da Era Digital (ViDA). Este é um dos acontecimentos mais importantes da história do IVA europeu, e afeta não apenas as empresas européias, mas também as empresas não européias cujas atividades comerciais com a UE.

A proposta exige a alteração da Directiva IVA 2006/112, seu Regulamento de Execução 282/2011, e Regulamento 904/2010 sobre cooperação administrativa no combate à fraude no domínio do IVA. Elas cobrem três áreas distintas:

  1. Obrigações de declaração digital do IVA e faturamento eletrônico
  2. Tratamento do IVA da economia da plataforma
  3. Registro único de IVA na UE

Essa proposta de mudança regulamentar ainda precisará ser formalmente adotada pelo Conselho da União Européia e pelo Parlamento Europeu sob os procedimentos legislativos ordinários antes de entrar em vigor. Em questões fiscais como estas, o processo requer unanimidade entre todos os EstadosMembros.

Este blog se concentra nas obrigações de relatório digital do IVA e na faturação eletrônica, enquanto as futuras atualizações da Sovos tratarão das outras duas áreas.

Obrigações de declaração digital do IVA e faturação eletrônica – uma visão geral

Os dados de transações B2B intra-UE precisarão ser informados a um banco de dados central:

  • Os Requisitos de Relatórios Digitais (DRR) serão introduzidos para transações intra-UE (B2B): Todos os fornecedores e clientes (sem limites ou isenções) em uma transação B2B intracomunitária precisarão apresentar os dados à administração fiscal local no prazo máximo de dois dias úteis após a emissão da fatura. A autoridade fiscal de cada Estado-Membro canalizará os dados para uma base de dados central .
  • A norma EU Standard for Electronic Invoicing (EN16931) será usada para os elementos de dados e formato de relatório; apenas um subconjunto da fatura será relatado.
  • O DRR será associado à facturação electrónica obrigatória para transacções B2B intra-UE.
  • A exigência de relatório irá substituir as atuais listas intracomunitárias (conhecidas também como declarações recapitulativas ou Listas de vendas da CE).

As exigências de relatórios digitais para transações domésticas continuarão sendo opcionais:

  • A implementação de requisitos de relatórios digitais para transações domésticas continuará sendo opcional para os Estados membros. Esta tem sido a área de competência dos Estados-Membros até agora, e seguindo os princípios de subsidiariedade e proporcionalidade, a Comissão esforça-se por alinhar e harmonizar sem forçar os Estados-Membros a introduzir esta exigência
  • Se forem introduzidas exigências de relatórios digitais para as transações domésticas em um Estado-Membro, a faturação eletrônica será obrigatória para as transações em escopo
  • Um sistema local precisará assegurar a interoperabilidade com o sistema intra-UE em nível de dados; a comunicação eletrônica doméstica deve usar (um subconjunto de) a Norma Européia EN16931; para sistemas recém-introduzidos, esta exigência será aplicada imediatamente, enquanto os sistemas domésticos existentes devem convergir a médio prazo
  • Não há nenhuma obrigação para os Estados-Membros de fornecerem declarações de IVA pré-preenchidas.

Serão feitas mudanças para facilitar e alinhar a faturação eletrônica:

  • A faturação eletrônica será o sistema padrão para a emissão de faturas
  • A necessidade de derrogação para introduzir a facturação electrónica obrigatória num Estado-Membro será suprimida
  • A necessidade de aceitação do cliente da faturação eletrônica do fornecedor será eliminada
  • A definição de faturamento eletrônico será emendada para se alinhar à Diretiva 2014/55 e incluirá apenas arquivos eletrônicos estruturados. Portanto, formatos não estruturados como PDF não serão considerados como representando faturas eletrônicas do ponto de vista do IVA.
  • Os dados de pagamento serão introduzidos como uma nova exigência de conteúdo para as faturas

A "transmissão" não será regulamentada:

A Comissão Européia optou, nesta fase, por não propor regulamentação sobre o canal de transmissão dos dados comunicados às autoridades fiscais. Atualmente cabe aos EstadosMembros decidir sobre isso.

A razão dessa decisão é provavelmente porque se trata de uma questão técnica, e que a discussão teria atrasado o processo de publicação dessa proposta. A Comissão Européia também parece ambígua quanto a querer ou não regulamentar isso no futuro.

Como é o futuro do IVA na Era Digital?

Muitos países preparados para introduzir controles contínuos de transações (CTCs) têm estado esperando que os reguladores da UE dêem uma resposta às regras que cada EstadoMembro precisará cumprir. Resta saber se essa proposta vai incentivar esses EstadosMembros a avançar com os planos, apesar do status de não-final da proposta. É digno de nota que a Alemanha solicitou uma derrogação da atual Diretiva sobre o IVA para poder exigir o envio de faturas eletrônicas apenas alguns dias antes da data original que a Comissão havia planejado publicar essa proposta – 16 de novembro de 2022.

Fale com nossos peritos fiscais para entender como essas mudanças propostas afetarão sua companhia.

Inscreva-se para receber atualizações por e-mail

Mantenha-se atualizado com as últimas atualizações de impostos e conformidade que podem afetar seus negócios.
Author

Anna Nordén

As Principal, Regulatory Affairs at Sovos, Anna Nordén pursues government relations and other public affairs work to anticipate new regulatory trends and laws. In tight collaboration with colleagues in both Strategy and Regulatory Analysis and Design, her long practice and expertise are instrumental in guiding both Sovos and legislators as new tax control reforms are rolled out across the globe.
Share This Post

Brazil Conformidade fiscal Latin America
February 3, 2023
Receita libera versão 10.1.1 do Programa da ECD

A nova versão do programa altera o preenchimento do registro I155, que informa os saldos das contas contábeis. A Receita Federal disponibilizou a versão 10.1.1 do programa da Escrituração Contábil Digital (ECD) . A nova atualização faz melhorias no desempenho do programa e se adequa a regra de validação de preenchimento do registro I155, no […]

Brazil Conformidade fiscal Latin America
February 3, 2023
Principais alterações na legislação – De 30/01/2023 a 03/02/2023

Acompanhe as principais alterações na legislação que impactam no seu dia a dia! Acre Publicado em 26/01/2023 – Decreto nº 11.175, de 19 DE JANEIRO DE 2023 ICMS – Altera o Decreto nº 008, de 26 de janeiro de 1998, que aprova o Regulamento do Imposto sobre Operações Relativas a Circulação de Mercadorias e sobre […]

Brazil Conformidade fiscal Latin America
February 2, 2023
Penalidades por descumprimento do eSocial SST entram em vigor

Multas por ausência de documentos obrigatórios podem passar de R$180 mil. No dia 1º de janeiro, teve início o período de envio para o eSocial das obrigações dos eventos em Saúde e Segurança do Trabalho (SST) do Grupo 4, formado por órgãos públicos, organizações internacionais e outras instituições extraterritoriais. O prazo foi determinado pela Portaria […]

Brazil Conformidade fiscal Latin America
February 1, 2023
Reforma tributária têm prioridade e será votada em até 3 meses, afirma Lira

Declarações do presidente da Câmara reforçam as intenções de Haddad, que já vinha comentando que a reforma pode ser votada até o mês de abril. O presidente da Câmara dos Deputados e candidato à reeleição, Arthur Lira, afirmou nesta terça-feira (31) que a intenção do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, revelada em conversa entre os […]

Brazil Conformidade fiscal Latin America
January 31, 2023
12 estados aumentam a alíquota do ICMS em 2023

O ICMS é o Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços e 12 estados aumentaram o teto do tributo em 2023, confira quais são. O ICMS é o Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços, é uma das mais principais fontes utilizadas para arrecadação dos estados, por isso, 75% pertence ao estado, sendo obrigados a […]

Cookie Settings